Dicas para perder gordura abdominal


1° Dieta regrada:

Quer perder gordura abdominal sem dieta? Espere sentado (a). E quem prometer isso, está te enganando!   A dieta é fundamental para perder gordura abdominal, mas isso também não significa que você deva sofrer e passar fome. Hoje é mais do que provado que a escolha certa dos alimentos e a disciplina são os fatores que mais influenciam no sucesso de uma dieta.

Existem estratégias específicas, como diminuir a ingestão de carboidratos, além da eliminação de gorduras e açúcares,  mas que precisam ser prescritas por um nutricionista. Lembre-se que para perder gordura abdominal, a dieta é a base de tudo!

 

2° Use treinos intensos:

Com a dieta equilibrada, chegou a hora de por o corpo para se mexer. Se o objetivo é baixar seu percentual de gordura, os treinos intensos são os mais indicados. Treinos como o HIIT são curtos, fáceis de serem feitos e trazem excelentes resultados!

Além disso, a musculação também é uma ótima aliada, já que ela aumenta a massa muscular e com isso, interfere diretamente no metabolismo basal. O importante neste caso são os treinos intensos, que consequentemente serão curtos e que devem ser executados de 4 a 6 vezes por semana, dependendo de cada caso. O educador físico apontará qual o treino indicado para o seu caso.

 

3° Melhore sua postura:

Pode parecer bobagem, mas muitas vezes o aspecto de “barriguinha” se deve mais a má postura, do que a concentração de gordura abdominal. Para isso, aulas de Pilates são as mais indicadas e efetivas.

 

4° Trabalhe sempre com grandes grupamentos musculares:

Sabe aquelas aulas que ficaram famosas nos anos 90 de ginástica localizada? Pois bem, elas não são efetivas para perder gordura abdominal, pois movimentam músculos isolados. Quando o objetivo é aumentar o metabolismo basal, o ideal é o trabalho com grandes músculos. Isso se faz com exercícios multiarticulares, que vão solicitar muito mais energia e promover melhores adaptações.

 

5° Beba muita água:

Este é um fator fundamental para eliminar gordura abdominal, já que a água vai melhorar todos seus processos fisiológicos e com isso, promover uma melhor oxidação das gorduras. Além disso, a água ainda ajuda na manutenção de sua funcionalidade.

 

Fonte: treinonomestre.com.br