Fazer aeróbico e musculação no mesmo dia, é bom para o emagrecimento?


Primeiro, vamos tratar de dois tipos diferentes de treino: resistido e aeróbico. Neste caso, é muito comum usarmos por exemplo, aeróbico pela manhã e musculação a noite.Se a pessoa em questão tem uma base de condicionamento (não é totalmente sedentária) e a carga total entre aeróbico e musculação são bem equilibrados.

Esta é talvez a forma mais comum e eficiente de treinar 2 vezes por dia para o emagrecimento.

Porém isso não significa que esta é uma estratégia para qualquer pessoa.

Na maioria dos casos, o treino correto, feito pelo menos 5 vezes por semana, intercalando musculação e aeróbico e tendo uma boa dieta, é o suficiente. 2 treinos por dia apenas como estratégia de potencialização em um determinado período.

É bem mais complexo quantificar corretamente as cargas neste caso.

Além do mais, dependendo da forma como a pessoa treina, fazer 2 sessões por dia não vai trazer grandes benefícios.

O gasto calórico total não será impactado fortemente se o treino não for progressivo, volumoso e intenso de forma suficiente.

Para uma grande parcela da população, um treino por dia, bem feito e pensado de acordo com as necessidades de cada pessoa, é o mais indicado.

Além do mais, se torna muito mais fácil controlar as cargas e o descanso com um treino por dia.

Usar 2 treinos para emagrecer é algo que pode ser usado de uma forma mais eficiente quando queremos um período de choque, que será seguido por um período de descanso maior.

Por exemplo, quando tenho um aluno que vai viajar por uma semana e neste período não vai treinar, aumento a intensidade e se possível, fazemos 2 treinos por dia.

A carga total vai nas alturas, mas o tempo de uma semana sem treino faz com que ele consiga se recuperar.

Mas isso é uma estratégia específica e não pode ser usada de qualquer forma.

Fonte: uol.com