Quantas vezes por semana treinar?


Alguns dirão 5, outros 4, outros 6.

A verdade é que muita coisa se estuda no campo da atividade física, mas de forma alguma isso transforma o treinamento físico em algo com respostas prontas, feito receita de bolo. Cada caso tem de ser analisado por um bom profissional. Caso contrário, iremos contra um dos princípios fundamentais do treinamento, o da individualidade biológica.

Uma análise profissional, aonde fatores como objetivos, tempo disponível, tipo de treinamento devem ser levados em conta. Neste artigo iremos focar na musculação, pois treinos diferentes têm variáveis diferentes.

Achar a frequência semanal ideal varia muito de pessoa para pessoa. Veja algumas dicas que podem te ajudar a definir a frequência ideal, acompanhado de um profissional. 

Tenha objetivos claros:

treinar 3 vezes por semana para um fisiculturista é algo impensável, assim como treinar 7 vezes por semana para alguém que busca apenas melhora do condicionamento físico também é. Por isso, saber o que você realmente quer com a musculação e levar em consideração a prescrição do seu professor é fundamental para obter sucesso.

Em uma pesquisa recente, Soares ( 2001) fez uma pesquisa com atletas de handebol do sexo feminino, em que o objeto de pesquisa era saber se 3 sessões de treinamento semanais podem promover uma melhora potência anaeróbica lática nas atletas.

Foi encontrada uma melhora substancial desta resistência, ficando claro que o treinamento feito de maneira correta pode melhorar em muito este parâmetro, mas também a resistência anaeróbica lática, bastante usada em treinamentos de força.

Planeje seu tempo:

Você pode treinar 3 ou 5 vezes de acordo com a sua condição, disponibilidade e da prescrição do seu professor.

Independentemente de quantas vezes você treinar, a qualidade é fundamental. Por isso, analise em sua agenda e veja quais os períodos que você pode se exercitar melhor e como aproveitar esse tempo de maneira mais satisfatória.

 

Fonte: treinomestre.com.br