Treino de cardio para queimar gordura (e preservar massa muscular)


Além dos benefícios óbvios de saúde, o treino de cardio também poderá:

  1. Manter o seu metabolismo mais acelerado durante o dia, fazendo você queimar ainda mais gordura;
  2. Melhorar a sua sensibilidade a insulina, fazendo com que os nutrientes ingeridos sejam enviados para os músculos mais facilmente (e não para as reservas de gordura);
  3. Vai aumentar o gasto de energia, aumentando o déficit calórico criado pela dieta e aumentando a quantidade de gordura que é usada na forma de energia (ou seja, queimando mais gordura).

Porém, por mais que o seu principal objetivo seja queima de gordura, é vital que o máximo de massa muscular seja mantida durante este processo.

Isto é essencial para não acabarmos com um o famoso físico falso-magro,  depois que a gordura for embora.

E, infelizmente, um dos pontos negativos do treino de cardio é sua interferência no ganho de massa muscular.

Basicamente, quanto mais longos e intensos são os aeróbicos, maior é a interferência negativa no ganho de massa e força muscular.

Além disso, que tipo de cardio você faz pode interferir de maneira diferente na hipertrofia.

Portanto quando o assunto é treino de cardio, é importante saber qual tipo e frequência devemos fazer, para que o máximo de gordura (e não massa muscular) seja perdida.

Como organizar o seu treino de cardio para otimizar a queima de gordura

1 – HIIT na bicicleta ergométrica

Este tipo de treino é capaz de melhorar o condicionamento e sensibilidade a insulina de forma mais eficiente que aeróbicos com intensidade contínua (2,3).

A respeito de queima de calorias, o treino HIIT é capaz de queimar mais calorias em menos tempo quando comparado com um treino de cardio tradicional.

Enquanto tudo isso parece ser ótimo, a principal razão para incorporarmos o HIIT na rotina é pela suas propriedades anti-catabólicas.

Vários estudos (mostram que o HIIT interfere muito menos na hipertrofia e força do que qualquer outra forma de treino de cardio.

Portanto incluir HIIT na rotina é, sem sombra de dúvidas, uma opção inteligente para acelerar a queima de gordura e preservar massa muscular.

Fonte: hipertrofia.org